Pages - Menu

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

o que acontece com OS LIVROS NACIONAIS

Olá leitores e leitoras que nos acompanham por meio do blog e do facebook.


Estou aqui hoje para falar de um assunto que já não é novidade, embora não deixe de ser algo novo. Exatamente. O que acontece com os livros (romances, ficção, não ficção nacionais?). Caminhando pelas principais livrarias de Brasília eu anotei somente dois autores que estavam presentes nas prateleiras que abrem por assim dizer as livrarias:

PAULA PIMENTA com seu livro MINHA VIDA FORA DE SÉRIE
THALITA REBOUÇAS com seu livro FALA SÉRIO

E na livraria Saraiva do Shopping Conjunto Nacional eu encontrei o livro SAL da autora de “A casa das sete mulheres” LETICIA WIERZCHOWSKI.

Mas, o leque de autores nacionais é realmente enorme, autores bons que escrevem os mais variados assuntos, com suas narrações diferenciadas, com sua forma única de ver o mundo e infelizmente eles só existem na internet.

Pesquisando no site da VEJA os livros mais vendidos no Brasil na semana de 06 de novembro, a lista contém os 20 mais vendidos, entretanto retratarei alguns somente:

A lista completa você encontra aqui -> Os Livros mais vendidos no Brasil (completa)

O autor norte americano JOHN GREEN leva na escala dos 10 mais vendidos

O lugar com o livro A CULPA É DAS ESTRELAS
O lugar com o livro CIDADES DE PAPEL
O lugar com o livro O TEOREMA KATHERINE
O 10º lugar com o livro QUEM É VOCÊ, ALASCA?

As outras posições da lista são todas de autores estrangeiros, por exemplo, o 5º lugar é do autor KHALED HOSSEINI com o livro O SILÊNCIO DAS MONTANHAS, e onde entra nessa lista autores como: Lycia Barros, Tammy Luciano, Thalita Rebouças e Paula Pimenta como já foram citadas, enfim a lista é enorme, se eu fosse colocar aqui iria mais de uma postagem, mas o que vemos são mais e mais livros de fora invadindo as nossas estantes. CULPA DE QUEM? Bem, não é das estrelas.

Eu mesmo sou um desses que fazem com que John Green leve quatro posições desse hacking (até porque eu sou fã número um desse cara), entretanto, a minha estante é repleta de livros nacionais, nota: ótimos livros nacionais dos mais diversos sabores:
  • Da Lycia Barros eu tenho todos, exceto: Tortura Cor de Rosa.

  • Da Cristiane Broca eu tenho Cinco Anos que é um dos livros mais comentado e mencionado no blog (por ter sido uma das minhas leituras favoritas esse ano).

  • Da Elysanna Louzada eu tenho Herdeiros do Trono que eu pretendo começar a ler em dezembro e fazer algo bem legal aqui no blog.

Enfim, livros nacionais têm para todos os gostos, o que falta? (1) Boa distribuição das editoras? Concordo, sim falta. Eu não conseguiria completar minha coleção da Lycia se não fosse à lojinha on line dela, simplesmente porque as livrarias não têm os livros.

Mesmo que eu não vá comprar um livro nacional eu sempre gosto de perguntar ao vendedor como anda o estoque de nacionais e é sempre a mesma coisa, aquela prateleira lá no fundo do fundo do fundo da livraria onde encontramos juntos livros de Machado de Assis (nada contra) Eça de Queirós (nada contra também, amo), ou seja, escondidos, enquanto isso, Nicholas Sparks, Emilly Giffin reina nas primeiras prateleiras, ENTÃO EDITORAS DISTRIBUAM BEM OS SEUS LIVROS NACIONAIS, POR FAVOR.

E um detalhe a mais: O Brasil é o 8º país que mais produz livros, ou seja, autores nós temos de sobra, o que falta são leitores, bons leitores.

Esses anos de 2012 e 2013 eu percebi um aumento de interesse nos livros, e uma ajuda para isso são os blogs e principalmente os vlogs no youtube, essas pessoas corajosas que vão lá com a cara e a coragem resenhar livros, expor opiniões, gastar tempo e dinheiro com isso, todos nós gastamos seja blogger ou vlogger há um tempo a ser gasto, dinheiro a ser gasto.

 Então eu acho que o mínimo que os leitores Brasileiros deveriam ter era opção de nacionais nas livrarias, mais chances de estar incluso na literatura nacional, eu mesmo tenho tido o prazer de estar em contato com alguns autores e isso é simplesmente demais, então se você é leitor e concorda com a crítica, COMPARTILHE!

Abraços com letras!

Até a próxima!!

2 comentários:

  1. Concordo plenamente. Nossa literatura é mais valorizada lá fora do que no seu país de origem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Paulo Coelho é um exemplo bem disso .
      Obrigado por comentar! :)

      Excluir

Deixe aqui sua opinião/crítica/elogio sobre o assunto!
Esse espaço é seu... E a gente se encontra por aqui...

Pages

Loading...

Pesquise na Wikipedia

Resultados da pesquisa

Pages - Menu

Deixe aqui seu e-mail :)