Pages - Menu

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

então eu li... UM AMOR PARA RECORDAR

Segunda-feira, 11 de novembro de 2013 faltando exatos 51 dias para encerrar o ano eu meio que me obriguei a resenhar esse que é um dos, senão, o maior sucesso do autor norte americano, Nicholas Sparks, o livro “A Walk to Remember” eu amo esse título em Inglês, mas se você preferir: “Um amor para Recordar”.
Título: Um amor para Recordar
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Páginas: 238 (versão de bolso)
Gênero: Romance
Tradução: Ivar Panazzolo Júnior
Ano de Publicação: 1999

Eu sei amigos leitores que uma resenha a mais ou a menos não vai fazer a mínima diferença, visto que, acredito eu, 99,9% da população conhece a história (seja pelo livro seja pelo filme) nota: Há ironia nessa frase ;) Grato!

Mas, mesmo assim eu queria dar meu veredicto com respeito à história de Landon Carter (o narrador) e Jamie Sulivan.

Landon é um jovem de família rica pelo que percebi na leitura, ele mora em Beaufort na Carolina do Norte e está no último ano do ensino médio e tudo que ele quer é aproveitar sua liberdade e juventude antes de se formar, ele é um jovem rebelde que apronta poucas e boas na companhia dos seus amigos, entretanto, como ele mesmo narra na história às coisas que eles aprontavam eram tão simples que não se compara com as coisas de hoje em dia: Landon ia para o cemitério à noite com os amigos para comer amendoim, algumas vezes saia para cobrir as janelas dos carros com sabão, nada atípico para um jovem de sua idade. Entretanto, há suas exceções, e ela é a própria Jamie, uma garota que foge a regra em vários quesitos, ela é filha do pastor da pequena cidade e auxilia no orfanato local, costuma salvar animais machucados e sempre caminha com uma bíblia consigo. É a filha que todo pai pediu a Deus. Jamie é daquelas que ajuda quem quer que seja isso porque ela é um tanto prestativa.
Ambos se conhecem desde a infância, mas nunca chegaram a trocar mais do que algumas palavras, porém dois eventos irão uni-los: O baile da Escola e a Peça de Teatro da Cidade, criada pelo pai de Jamie e realizada todos os anos, isso faz com que eles se aproximem um do outro. Landon convida Jamie para acompanhá-lo no baile de honra aos ex-alunos, e ele faz isso simplesmente porque não conseguiu ninguém que quisesse lhe acompanhar, mas como teria que ser a partir de então eles passaram a ficar cada vez mais próximos, apesar do medo que Landon tem de ser visto por seus amigos com Jamie que é considerada estranha por todos na escola. Uma amizade cresce aos poucos e ele logo se vê apaixonado por ela.

“ Às vezes, você se depara com um livro extraordinário que, à primeira vista, se parece com muitos outros, facilmente passando despercebido. Mas, ao ler o romance, fica maravilhado com o tesouro contido nele. Um amor para Recordar é um desses livros. Não deixa de ser interessante, emocionante e até mesmo fascinante. Uma obra da qual você não se esquecerá tão cedo.” Sunday New York Post.

A peça na cidade a qual os dois são os protagonistas é mais um fator predominante para a aproximação dos dois, e um detalhe: Landon só participa da peça por que Jamie lhe faz um pedido e convenhamos quem negaria um pedido a Jamie Sulivan? ^^

O sentimento dos dois é recíproco, porém ele é profundamente abalado quando Landon descobre que sua amada Jamie tem uma doença fatal, isso faz com que o sentimento de ambos se torne cada dia mais intenso à medida que o fim se aproxima.

Eu particularmente achei o livro bem teen no início, mas depois vira um YA incrível.
Se você não sabe o que é um YA é uma sigla que significa: Literatura Young Adults para pessoas de 14 a 21 anos que concentra em temáticas românticas mais adultas.
A fase jovem do livro se transforma em uma belíssima história de amor que apresenta lições sobre vida e amor ao próximo.

Minha Opinião!
Como sempre acontece nesses casos de livros que viram filmes, eu prefiro a história do livro. Isso porque a história do livro embora a mesma, ela é contada com nuances bem distinta, ainda que seja um livro relativamente pequeno é repleto de informações, belas narrações dos acontecimentos e o livro tem um drama, um lado romântico bem maior, bem maior que o filme, então se você chorou vendo o filme, prepare-se!

Um amor para Recordar era meu romance preferido do Nicholas até eu conhecer Querido John (resenha aqui) isso porque o livro tem uma narração gostosa de fazer ao mesmo tempo inteligente, que você faz com apreço. É um livro pequeno e eu consegui ler em apenas um sábado, ou seja, quando começa não consegue largar.

“Uma história de amor para o novo milênio... consegue agarrar seu coração e acariciá-lo. Provavelmente o livro mais romântico de Sparks”. Boca Raton Daily Sun.

A tradução do livro é primorosa, não encontrei nenhum erro gramatical ou alguma discordância dos fatos.
Mais uma vez Nicholas Sparks arrasa, com mais um dos seus romances clichês (o livro é daqueles que você começa a ler e já sabe o final), mas ele tem o poder de te prender, frases e pensamentos um mais lindo que o outro, então é isso o livro leva cinco estrelinhas...

É isso pessoal, espero que tenham gostado. Se você gostou me ajude COMPARTILHANDO em suas REDES SOCIAIS, INSCREVENDO-SE NO BLOG assim você fica sabendo toda vez que tiver postagem nova e SEGUINDO A PÁGINA no FACEBOOK!
Abraços carinhosos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião/crítica/elogio sobre o assunto!
Esse espaço é seu... E a gente se encontra por aqui...

Pages

Pesquise na Wikipedia

Resultados da pesquisa

Pages - Menu

Deixe aqui seu e-mail :)