Pages - Menu

domingo, 22 de dezembro de 2013

Vem ai... A ESTRELA QUE NUNCA VAI SE APAGAR

Olá amigos leitores, sim, eu ainda estou vivo e ainda estou na nobre missão de escrever para vocês... Acontecimentos novos, imprevistos e falta de tempo fez com que eu me afastasse um pouco do blog, mas estou de volta para uma ótima notícia, então vamos em frente!!!

Se você leu o livro A CULPA É DAS ESTRELAS (resenha aqui no blog), se não leu favor clique no link e leia ao menos a resenha para não ficar flutuando sobre o assunto que vamos falar ;)

Com certeza já ouviu falar de Esther Grace Earl, uma garota de 16 anos que tinha câncer e faleceu em 2010, ela foi quem inspirou John Green a escrever a protagonista Hazel Grace no livro ACEDE.

Fato?

Bem, eu tenho as minhas dúvidas, John Green ofereceu o livro para Esther, isso está claro na 5ª página do livro, entretanto, logo na 7ª página encontramos uma NOTA DO AUTOR onde ele diz: “Este livro é uma obra de ficção. Eu o inventei. Nem os textos nem os leitores se beneficiam de tentativas de descobrir se há fatos reais por trás de uma história fictícia” assim eu pergunto: Será mesmo que Esther é a principal fonte de inspiração para um livro que há dez anos ele tentava escrever?

Que cada um possa tirar suas conclusões...

Mas, não é sobre fontes de inspirações que venho até aqui, e sim para uma excelente notícia: A editora Intrínseca (mesma editora de A Culpa é das Estrelas, O Teorema Katherine e Cidades de Papel) liberou há alguns dias a capa nacional do livro A ESTRELA QUE NUNCA VAI SE APAGAR, o livro é escrito por ninguém menos que Esther Earl.


 Ops! Esther faleceu em 2010, como assim ela escreveu um livro?

Não, o livro não é narrado por um espírito. Com introdução do queridíssimo John Green e anotações dos pais de Esther o livro reúne textos escritos por ela, uma Nerdfighter e vlogueira americana.

O livro tem previsão de estreia para JANEIRO DE 2014 e o claro que os fãs de John Green e “A Culpa é das Estrelas”, como eu, estão ansiosíssimos pela publicação.

“Ela tinha esse jeito estranho de ser [...] era muito sábia para uma pessoa de sua idade”.

O livro traz textos dos diários de Esther, posso estar enganado, me julguem nos comentários, mas esse livro me remete ao “Diário de Anne Frank” embora sejam histórias diferentes em períodos diferentes eles tem uma analogia ímpar entre si, pelo menos olhando sob meu ponto de vista, sob minha ótica.

John Green, meu grande autor favorito, assina a Introdução do livro e olha que máximo esse livro ^^

Esther foi diagnosticada com um câncer maligno na tireoide em novembro de 2006 ela lutou contra a doença até agosto de 2010, mês em que faleceu.

Então é isso, vamos aguardar por esse maravilhoso livro, a autobiografia dela, uma garota linda que como disse o John Green “Eu acho que o universo, no geral, seria melhor se ela ainda estivesse criando vídeos” Esther Earl Grace em A ESTRELA QUE NUNCA VAI SE APAGAR.

Abraços com letras, até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião/crítica/elogio sobre o assunto!
Esse espaço é seu... E a gente se encontra por aqui...

Pages

Pesquise na Wikipedia

Resultados da pesquisa

Pages - Menu

Deixe aqui seu e-mail :)